23 de febreiro de 2013

Maternidade e paternidade




O passado dia 15 de Dezembro nasceu a nossa filha Aldara, no hospital de Ribeira, quase na sua semana 42, e apôs de estarmos a nai e mais o que isto escreve três dias de pré-parto, saudando as lavandeiras que passavam as noite numha das árvores do pátio do centro. À meninha nom lhe petava sair. Normal. Só por falarmos do clima: chovia a Deus bendito, ia umha viruge do carai, fazia frio... O ano passado foi, pra mim e pra Maria, a nai, excelente, e aguardo que este ainda seja melhor.

(Aldara di agora mesmo: "guhhhhhhh...!!!", reclamando atençons e mimos).

8 comentarios:

  1. Cossue, recibe os meus parabéns máis sinceros. Cando naceu o meu primeiro fillo dinme conta, de verdade, da importancia que tiña ese acontecemento na vida dos homes. Gústame o nome, Aldara, soa limpo e claro. Lembro as dúas Aldara que rexistraba o Padrón de San Clodio de 1580, cando o nome xa resultaba exótico. E que aquí no Carballiño tamén existe a rúa rúa Aldara. Unha aperta moi forte.

    ResponderEliminar
  2. Cossue, moitos parabens, Aldara para era a máis querida para vós, é unha delicia para todos nós esta boa nova, moitas felicidades e saúde.

    ResponderEliminar
  3. Caro, que boa notícia que sejas pai e que tudo saira bem. Se a menina nasceu em Ribeira suponho que vives por cá. Temos de ficar, falar, tomar um café e presumir de filhas. A minha vai cumprir quarto anos e é o grande presente que me deu a vida. Beijos a mãe e bençãos para a filha.

    ResponderEliminar
  4. parabéns e saúdos
    Antón

    ResponderEliminar
  5. Graças Paulo, Frutos, Gonzo, José Luís e Antón :-) É um momento único e novo, mágico, nas nossas vidas!!!

    @Frutos: mesmo pode que a tua ediçom do Padrón de San Clodio tenha algumha "culpa" no nome da nossa pequena, hehehe :-)

    ResponderEliminar
  6. Parabéns por essa neninha!

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentario: