8 de xuño de 2009

Círculos, rosetas e labirintos

Rosetas 'célticas' em inscriçom de fundaçom do mosteiro de Lérez (Ponte Vedra):


A inscriçom, em letra visigótica, está fracturada, e em parte tem-se perdido. Le-se:


IN N(OMIN)E DE[I]...___ ...HONORE S(AN)C(T)I SALBATORIS ET S(AN)C(T)E MA

RIE VI[RGINE]...___ ...ET MARINA PELAGIO GONTATO (E)T ARIA PR(ESBYTER).


'Em Nome de Deus...___ …(em) honor de Sam Salvador e de Santa Ma-

ria Virge...___...e Marinha, Paio, Gontado e o presbítero Airas.'


Pola antroponimia, suponho que a inscriçom data de fins do século XI (Pelagio é raro antes, e Guntado é raro despois).




Cruz 'celta' em horro em Bealo (Boiro). Repare-se tamém nas agrupaçons de círculos concêntricos:



Labirintos:

Na Armenteira:



Em Mogor:




Os labirintos som de facto umha cruz cujos braços têm sido virados e revirados, em tal jeito que o caminho que vai do exterior ao interior percorre todo o traçado.


De Fror na Area

É umha figura de feitura moi complexa, cujo traçado requere apredizage prévia.

Sobre símbolos e motivos, aconselho umha visita a éste post do blogue de Gonzo, A Nosa Historia.


Ningún comentario:

Publicar un comentario

Deixe o seu comentario: